Código de Convivência Escolar

Código de Convivência Escolar

 

Durante o ano letivo de 2010, alunos, professores, equipe gestora,  pais e a comunidade escolar se reuniram para propor normas que contribuissem para a qualidade das relações dentro do ambiente escolar.

 

Código de Convivência Escolar

Artigo 1º

Que o diálogo seja o instrumento privilegiado para solução dos conflitos, através de uma comunicação clara e objetiva, ouvindo os diversos atores que compõem o ambiente escolar favorecendo uma maior colaboração entre as partes.

1º§ Que toda a Comunidade Escolar se aproprie dos espaços para o Diálogo e que haja o reconhecimento da importância de todas as falas.

Artigo 2º

Que toda a Comunidade Escolar reconheça a necessidade efetiva do Conselho de Escola durante todo o ano letivo e principalmente nos atos decisórios da escola;

Artigo 3º

Que todos se tratem com respeito, educação, cordialidade, solidariedade, favorecendo a construção de uma escola de paz e que possamos aprender a conviver com as diferenças, visto que nada justifica a falta de respeito, a discriminação ou preconceito, pois o mais importante  é o ser humano.

Artigo 4º

Fica proibido a prática do Bullying ou qualquer outro ato que prejudique ou ofenda toda ou qualquer pessoa no ambiente escolar.

Artigo 5º

Fica proibido todos os tipos de agressões (verbal, física, psicológica, virtual) dentro do ambiente escolar, bem como na vida em sociedade.

Artigo 6º

Que haja responsabilidade no uso dos espaços, bens evitando, assim, o desperdício e o vandalismo, favorecendo a preservação do patrimônio.

Artigo 7º

Que todos Cumpram suas obrigações favorecendo o pleno desenvolvimento dos alunos e de toda a comunidade escolar.

Artigo 8º

Todos são responsáveis em garantir  o cumprimento das normas prescritas no Código de Convivência Escolar desta escola, colaborando efetivamente com a construção de uma Escola de Paz, bem como uma sociedade de Paz.